Embaixadores

Um embaixador é aquele que incorpora a identidade de uma organização, que se torna seu porta-voz e leva ao conhecimento de toda a comunidade o conceito e a realização de um trabalho. No caso do WimBelemDon, a chegada desses grandes nomes que passaram a carregar a bandeira do projeto aconteceu naturalmente.

Thomaz Koch

Thomaz Koch é um ícone do Tênis brasileiro, fazendo história no esporte. Porém, no WimBelemDon ele é muito mais do que isso. Aqui, Koch é inspiração para todos os nossos educandos, como esportista e ser humano.

Thomaz está conosco desde os primeiros anos da existência do WimBelemDon, estando presente na maioria dos nossos eventos. Sua importância é imensurável na nossa história. 

“É emocionante, edificante fazer parte deste projeto. No início, pare-cia um sonho. Houve muitos obstáculos, muitas dificuldades. Mas chegamos até aqui. O sonho se tornou realidade. O Marcelo e a Lu foram guerreiros, batalharam desde o início, nunca esmoreceram. Todos ficam admirados com todo esse processo, porque é preciso arregaçar as mangas e trabalhar, dia após dia” – relatou Thomaz Koch.

Fernando Meligeni

Fernando Meligeni – considerado como um dos maiores tenistas brasileiros da história – é nosso embaixador há muitos anos, estando conosco desde 2003, quando nos visitava e contava histórias para os nossos educandos. Esteve presente nos principais momentos do WimBelemDon, sempre nos apoiando muito e sendo um grande exemplo para os nossos educandos, dentro e fora das quadras.

“O Marcelo acreditou que eu poderia fazer parte do WimBelemDon. Percebi o amor que ele e a Lu colocavam nesse trabalho, em como acreditavam na ideia. O projeto me trazia um sentimento muito louco e ainda me traz, me emociona” – conta Fernando Meligeni.

Bruno Soares

Bruno é um de nossos embaixadores, sendo um grande exemplo dentro e fora das quadras para os nossos educandos.

Ele possui 6 Grand Slams na carreira e quando foi número 1 do mundo em duplas pela primeira vez, estava utilizando a nossa pulseira do atributo da gratidão, levando o WimBelemDon com ele para aquela grande conquista.

“Quando fui convidado para conhecer o projeto, em 2011, durante o Rolando Arroz, foi um impacto muito grande. Um banho na alma, pelas coisas boas que acontecem no WimBelemDon, por ver de perto tudo o que eles faziam, e o mais impactante, por ouvir dos próprios personagens todas as histórias que eu escutei do Marcelo. Isso mexe demais” – disse Bruno Soares.

Lucas Corazza

O chef Lucas Corazza, jurado do programa Que Seja Doce (Canal GNT) produziu, em julho de 2016, em torno de 300 doces com ajuda de 3 jovens do projeto WimBelemDon e mais alguns voluntários. O Chocólatras Solidários, iniciativa do Chef paulista, arrecadou mais de R$ 4.000,00 para o WimBelemDon, onde todos os doces foram vendidos em menos de 3 horas. No nosso aniversário de 18 anos, Corazza veio a Porto Alegre dar um cookshow com renda revertida para o projeto. Em agosto de 2020 se tornou embaixador do WimBelemDon.

“Eu conheci o WimBelemDon por meio do Chocólatras Solidários. Lembro que eu fiquei impressionado com o quanto se falava de valores, de pensar nas crianças como futuros cidadãs. Muito bonito. Era mais do que oferecer uma atividade, era ensinar algo que seria levado para a vida delas. Mostrar a importância de elas estarem ali, as mudanças que pode-riam acontecer, o impacto na vida delas e na de outras crianças” – contou Lucas Corazza.

Translate »